Sábado, 12 de Maio de 2007

words...again

é tão engraçado como algumas palavras pela semelhança com outras nos podem conduzir a um significado totalmente diferente!!!

 

Quando me deparo com "Jactância"... assim à primeira vista parece que a família da palavra é a jaqueta e "jactancioso" aquele que é cioso da sua jaqueta!!!

 

mas não tem nada a ver... é como se fosses a caminho de Fiães ... não tem nada a ver!!

 

 

M.M.

Sopro mágico: ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 16:02
link do post | comentar | favorito

Bizarria

encanta-me a sonoridade!

 

encanta-me o seu significado! Dúbio... pleno em si mesmo... capaz de assustar os mais pudicos ... e encantar os que simplesmente sentem a palavra Bizarria como eu!

 

 

M.M.
Sopro mágico: ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 15:51
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

Abri a mão...

 

Abri mão do meu futuro seguro...

 

Abri mão do pai ideal para os meus futuros filhos...

 

Abri mão da única pessoa que verdadeiramente me ama...

 

Abri mão da pessoa que seria ideal para companheiro de vida...

 

Abri mão de anos de selecçaõ natural e genes vencedores...

 

E Abri a mão porquê?

Para pela primeira vez não abrir mão de mim.

 

Para tentar escavar, escalar, subir e esgadanhar este lixo em qu me encontro!

 

Para que não faça sofrer mail alguém para além de mim...

 

Para encontrar o Meu rumo

 

Para sozinha construir algo, pequeno, mas meu...

 

Para encontrar os sonhos antigos...

 

Para lembrar-me do que é ser criança...

 

Para não ter a responsabilidade de ter alguem a meu lado...

 

Para tomar decisões a um...

 

mas eu sei... quem tudo quer tudo perde!!!

 

esse será o meu destino!!

 

M.M.

 

 

 

sinto-me:
Sopro mágico: ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 02:12
link do post | comentar | favorito

...

 

 

Eurípedes disse, "Quando o amor é excessivo, não traz ao homem nenhuma honra, nenhuma recompensa."

 

Confúcio disse, "Antes de embarcar em uma jornada de vingança, cave duas covas".

 

O Autor François de la Rochefoucauld escreveu, "Estamos tão acostumados a nos disfarçar para os outros, que, no fim, ficamos disfarçados para nós mesmos."

George Orwell disse, "Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário."

 

When you have loved as she has loved, you grow old beautifully.
W. Somerset Maugham
Sopro mágico:

suspirado por barbaletasguerreiras às 01:27
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2006

enterrado vivo

O Enterrado Vivo É sempre no passado aquele orgasmo, é sempre no presente aquele duplo, é sempre no futuro aquele pânico. É sempre no meu peito aquela garra. É sempre no meu tédio aquele aceno. É sempre no meu sono aquela guerra. É sempre no meu trato o amplo distrato. Sempre na minha firma a antiga fúria. Sempre no mesmo engano outro retrato. É sempre nos meus pulos o limite. É sempre nos meus lábios a estampilha. É sempre no meu não aquele trauma. Sempre no meu amor a noite rompe. Sempre dentro de mim meu inimigo. E sempre no meu sempre a mesma ausência. Carlos Drummond de Andrade M.M.
Sopro mágico:

suspirado por barbaletasguerreiras às 10:19
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Dezembro de 2006

Dizem que a paixão o conheceu



M.M.

 

"dizem que a paixão o conheceu
mas hoje vive escondido nuns óculos escuros
senta-se no estremecer da noite enumera
o que lhe sobejou do adolescente rosto
turvo pela ligeira náusea da velhice

conhece a solidão de quem permanece acordado
quase sempre estendido ao lado do sono
pressente o suave esvoaçar da idade
ergue-se para o espelho
que lhe devolve um sorriso tamanho do medo

dizem que vive na transparência do sonho
à beira-mar envelheceu vagarosamente
sem que nenhuma ternura nenhuma alegria                                                          
nenhum ofício cantante
o tenha convencido a permanecer entre os vivos"
                                                                          Al Berto
Sopro mágico:

suspirado por barbaletasguerreiras às 16:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

Tele-alma, serviços de ressuscitação de almas.Tem uma alma moribunda?Ligue-nos, a sua alma como nova

Princesa,

Rio de Mouro 24/01/2006 às 10:30 para mim, queres que te marque?

Beijo (gigante)

Vânia

Sopro mágico:

suspirado por barbaletasguerreiras às 17:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 9 de Outubro de 2006

Desapareceu do seu corpo num passado dia talvez de Inverno a alma de M.M.

"Desapareceu de seu corpo numa qualquer hora de qualquer dia de qualquer mês, numa estação qualquer a alma de M.M. Na altura do seu desaparecimento vestia camisola verde esperança, calças vermelho paixão e casaco cor de sonho.

Nos cabelos tinha uma fita catita...

Trajava o sorriso de sempre, e nos olhos um brilho acabado de estrear, tantas sardas nas bochechas quanto sonhos que pensava concretizar... 

tinha consigo uma mochila côr de céu ou cor de mar, cheia de ingenuidade de criança, compreensão de amiga, sabedoria de um velho sábio....

A última vez que foi vista foi sentada à beira de um poço de desejos, tinha atirado dois sacos com muitos milhares de moedas de ouro reluzentes e esperava que os seus se concretizassem.

Desapareceu de seu corpo no passado a alma de M.M., pede.-se a quem tenha informações sobre o seu paradeiro para as enviar na primeira onda da manhã para os seus amigos que vão ouvir o mar"

(*)

Vânia

Sopro mágico: , ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 18:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 10 de Setembro de 2006

Dormita, alma, dormita

Na véspera de não partir nunca
Ao menos não há que arrumar malas
Nem que fazer planos em papel
Com acompanhamento involuntário de esquecimentos,
Para o partir ainda livre do dia seguinte.
Não há que fazer nada
Na véspera de não partir nunca.
Grande sossego de já não haver sequer de que ter sossego!
Grande tranquilidade a que nem sabe encolher ombros
Por isto tudo, ter pensado o tudo
É o ter chegado deliberadamente a nada.
Grande alegria de não ter precisão de ser alegre,
Como uma oportunidade virada do avesso.
Ah, quantas vezes vivo
A vida vegetativa do pensamento!
Todos os dias sine&linea
Sossego, sim, sossego...
Grande tranquilidade...
Que repouso, depois de tantas viagens, físicas e psíquicas!
Que prazer olhar para as malas fitando como para nada!
Dormita, alma, dormita!
Aproveita, dormita!
Dormitar!
É pouco o tempo que tens! Dormita!
É a véspera de não partir nunca!

                                             Alvaro de Campos

                                             (Fernando Pessoa)

 

M.M.

Sopro mágico: ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 13:01
link do post | comentar | favorito

@Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30


@Onde está?

 

@mmmiiiiiiiiiaaaaaauuuuuuuuuu

adopt your own virtual pet!

@Balelas

@ words...again

@ Bizarria

@ Abri a mão...

@ ...

@ enterrado vivo

@ Dizem que a paixão o conh...

@ Tele-alma, serviços de re...

@ Desapareceu do seu corpo ...

@ Dormita, alma, dormita

@Dores antigas...

@ Novembro 2007

@ Outubro 2007

@ Setembro 2007

@ Agosto 2007

@ Julho 2007

@ Junho 2007

@ Maio 2007

@ Abril 2007

@ Março 2007

@ Fevereiro 2007

@ Janeiro 2007

@ Dezembro 2006

@ Novembro 2006

@ Outubro 2006

@ Setembro 2006

@ Agosto 2006

@ Julho 2006

@ Junho 2006

@ Maio 2006

@Sopro mágico

@ eu

@ amor

@ gato

@ me

@ amizade

@ alma

@ guemil

@ hell

@ fim

@ tu

@ porque é que eu te odeio tanto

@ o ladrão de almas

@ palavras

@ m.m.

@ medo

@ mexicano bum bum

@ acreditar

@ fuck

@ gaticidio

@ gato vadio

@ todas as tags

@Essência

@ História do Tinoco

@ ATRIUM

@ Liberdade

@ Cativar

@ Gato

@ Got Glue?

@ Amor...

@ at last...

@ O porquê deste blog...

@ hoje é o primeiro dia do ...

@Companheiros de armas...

@quantos são?

eXTReMe Tracker

@Quem anda aí?

online
Online Casino
SAPO Blogs

@subscrever feeds