Sábado, 12 de Maio de 2007

words...again

é tão engraçado como algumas palavras pela semelhança com outras nos podem conduzir a um significado totalmente diferente!!!

 

Quando me deparo com "Jactância"... assim à primeira vista parece que a família da palavra é a jaqueta e "jactancioso" aquele que é cioso da sua jaqueta!!!

 

mas não tem nada a ver... é como se fosses a caminho de Fiães ... não tem nada a ver!!

 

 

M.M.

Sopro mágico: ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 16:02
link do post | comentar | favorito

Bizarria

encanta-me a sonoridade!

 

encanta-me o seu significado! Dúbio... pleno em si mesmo... capaz de assustar os mais pudicos ... e encantar os que simplesmente sentem a palavra Bizarria como eu!

 

 

M.M.
Sopro mágico: ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 15:51
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 27 de Abril de 2007

publicidade

o anúncio da Adidas...

 

dá-me esperança...

 

"como começas não é necessariamente como acabas..."

 

M.M.

 

 

Sopro mágico:

suspirado por barbaletasguerreiras às 01:42
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Abril de 2007

estrangeirices, estrangeiradas e calinadas

 

 

Somos portugueses, ainda?!!!

 

 

Temos uma língua suficientemente farta de vocábulos para nos exprimirmos...

 

É referido pelas outras "línguas", que a nossa, a portuguesa, é bastante complicada!

 

O português tem como marca os múltiplos tempos verbais e cada um específico de acordo com o sujeito. Não nos entregamos à promiscuidade da língua inglesa em que, quer seja Tu ou Vós, conjuga o verbo da mesma forma.

 

 

Para além da multiplicidade de opções ainda há os verbos irregulares que fogem às regras e enlouquecem o mais aplicado estudante.

 

Como cereja no topo do bolo surge a mesóclise ...

(eu não sabia que era assim que se chamava à colocação do pronome pessoal entre o radical e a terminação de futuro ou condicional entre o radical e a terminação de futuro ou condicional)

Vulgo... dá-lo-ei, falar-te-ia e afins

 

 

O ex-líbris desta nossa identidade é sem dúvida a "impessoabilidade " do verbo Haver, que conduz as pessoas a "haverem", "houveram" e a outros plurais.

 

 

Palavras homónimas, homógrafas, homófonas e parónimas... com os "s " a poderem ocupar o lugar dos "z " ou dos "c" e gerarem dificuldade de comunicação !

Pregamos aos peixes e pregamos os pregos, trocamos cumprimentos por comprimentos, pouca gente se entende!

 

 

Mas retomando a razão da minha revolta perante estrangeirices, estrangeiradas e calinadas, está a palavra TSUNAMI...

 

Incrivelmente, dizem, que em 1755 houve um em Lisboa...

 

Eu aprendi, segundo Amparo Dias qualquer coisa, autora de renome de livros de ciências naturais, que houve um Maremoto....

 

Pobres coitados para além de assistirem à destruição da capital têm que levar com uma palavra cuja combinação de letras é inexistente no nosso léxico!

 

 

Mas pior, pior...

 

Ao qual ao grito"oh da Guarda!!!!

 

 

São aquelas "coisas" como Scanar , Printar ...

 

 

Enquanto o Tsunami é uma palavra universalmente identificada , estas "coisas" são meras adaptações verbais de verbos estrangeiros... que não serão encontradas em nenhum dicionário  fidedigno ..

 

Essas "coisas" não são reconhecidas universalmente, mas sim as palavras estrangeiras que lhe deram origem...

 

 

Perante isto apenas consigo dizer...

 

Tenho medo!!!!

 

 

M.M .

 

 

 

 

 

 

Sopro mágico: , ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 20:37
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 23 de Abril de 2007

Gente perdida (versão censurada)

"gente perdida
balança entre o sonho e a verdade
foge ao vazio

enquanto brinda, dança e salta"

Mafalda Veiga

M.M.

Sopro mágico: ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 12:36
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Abril de 2007

I got no plans I ain't going nowhere

You got a fast car
I want a ticket to anywhere
Maybe we make a deal
Maybe together we can get somewhere

Anyplace is better
Starting from zero got nothing to lose
Maybe we'll make something
But me myself I got nothing to prove

You got a fast car
And I got a plan to get us out of here
I been working at the convenience store
Managed to save just a little bit of money
We won't have to drive too far
Just 'cross the border and into the city
You and I can both get jobs
And finally see what it means to be living

You see my old man's got a problem
He live with the bottle that's the way it is
He says his body's too old for working
I say his body's too young to look like his
My mama went off and left him
She wanted more from life than he could give
I said somebody's got to take care of him
So I quit school and that's what I did

You got a fast car
But is it fast enough so we can fly away
We gotta make a decision
We leave tonight or live and die this way

I remember we were driving driving in your car
The speed so fast I felt like I was drunk
City lights lay out before us
And your arm felt nice wrapped 'round my shoulder
And I had a feeling that I belonged
And I had a feeling I could be someone, be someone, be someone

You got a fast car
And we go cruising to entertain ourselves
You still ain't got a job
And I work in a market as a checkout girl
I know things will get better
You'll find work and I'll get promoted
We'll move out of the shelter
Buy a big house and live in the suburbs
You got a fast car
And I got a job that pays all our bills
You stay out drinking late at the bar
See more of your friends than you do of your kids
I'd always hoped for better
Thought maybe together you and me would find it
I got no plans I ain't going nowhere
So take your fast car and keep on driving

You got a fast car
But is it fast enough so you can fly away
You gotta make a decision
You leave tonight or live and die this way

 

tracy chapman

 

M.M.


Sopro mágico:

suspirado por barbaletasguerreiras às 14:36
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 19 de Abril de 2007

Tell me the way to the next whisky bar...

 

 

 

 

Oh show me the way to the next whisky bar
oh don't ask why, oh don't ask why
For we must find the next whisky bar
or if we don't find the next whisky bar
I tell you we must die
I tell you we must die
I tell you
I tell you
I tell you we must die

Oh moon of Alabama it's time to say good bye
We've lost our good old mama
And must have whisky or you know why

Oh moon of Alabama it's time to say good bye
We've lost our good old mama
And must have whisky or you know why

Oh show me the way to the next little dollar
oh don't ask why, oh don't ask why
For we must find the next little dollar
or if we don't find the next little dollar
I tell you we must die
I tell you we must die
I tell you
I tell you
I tell you we must die

Oh moon of Alabama it's time to say good bye
We've lost our good old mama
And must have little dollar or you know why

Oh moon of Alabama it's time to say good bye
We've lost our good old mama
And must have little dollar or you know why

Oh show me the way to the next little girl
oh don't ask why, oh don't ask why
For we must find the next little girl
or if we don't find the next little girl
I tell you we must die
I tell you we must die
I tell you
I tell you
I tell you we must die

Oh moon of Alabama it's time to say good bye
We've lost our good old mama
And must have little girl or you know why

Oh moon of Alabama it's time to say auf wiedersehen
We've lost our good old mama
And must have little girl or you know why
you know why

 

the cat with diferent eyes- David Bowie
M.M.
Sopro mágico: , ,

suspirado por barbaletasguerreiras às 13:56
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Março de 2007

parade

i'm stopping the parade...

 

M.M.

Sopro mágico:

suspirado por barbaletasguerreiras às 14:38
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Março de 2007

«Quem muito viu...»



Quem muito viu, sofreu, passou trabalhos,
mágoas, humilhações, tristes surpresas;
e foi traído, e foi roubado, e foi
privado em extremo da justiça justa;

e andou terras e gentes, conheceu
os mundos e submundos; e viveu
dentro de si o amor de ter criado;
quem tudo leu e amou, quem tudo foi -

não sabe nada, nem triunfar lhe cabe
em sorte como a todos os que vivem.
Apenas não viver lhe dava tudo.

Inquieto e franco, altivo e carinhoso,
será sempre sem pátria. E a própria morte,
quando o buscar, há-de encontrá-lo morto.


Jorge de Sena, Peregrinatio ad loca infecta (1969)


M.M.

Sopro mágico:

suspirado por barbaletasguerreiras às 23:23
link do post | comentar | favorito
Domingo, 11 de Março de 2007

You

 

hoje foi bom, a tua cara, ali especada nas minhas visitas não me incomodou!!!!

 

espero que assim continue.

 

have a good life !!!

 

M.M .

Sopro mágico:

suspirado por barbaletasguerreiras às 00:00
link do post | comentar | favorito

@Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30


@Onde está?

 

@Balelas

@ Esperando por....

@ fuck

@ bichos

@ O Estranho Acontece

@ ...

@ Fragilidade

@ Qual mala de cartão da L...

@ cantiga das viagens sem f...

@ cantiga das viagens sem f...

@ morrer...

@Dores antigas...

@ Novembro 2007

@ Outubro 2007

@ Setembro 2007

@ Agosto 2007

@ Julho 2007

@ Junho 2007

@ Maio 2007

@ Abril 2007

@ Março 2007

@ Fevereiro 2007

@ Janeiro 2007

@ Dezembro 2006

@ Novembro 2006

@ Outubro 2006

@ Setembro 2006

@ Agosto 2006

@ Julho 2006

@ Junho 2006

@ Maio 2006

@Sopro mágico

@ eu

@ amor

@ gato

@ me

@ amizade

@ alma

@ guemil

@ hell

@ fim

@ tu

@ porque é que eu te odeio tanto

@ o ladrão de almas

@ palavras

@ m.m.

@ medo

@ mexicano bum bum

@ acreditar

@ fuck

@ gaticidio

@ gato vadio

@ todas as tags

@Essência

@ História do Tinoco

@ ATRIUM

@ Liberdade

@ Cativar

@ Gato

@ Got Glue?

@ Amor...

@ at last...

@ O porquê deste blog...

@ hoje é o primeiro dia do ...

@Companheiros de armas...

SAPO Blogs

@subscrever feeds